Quem assumirá a cadeira de Luiz Carlos Trabuco Cappi na presidência do Bradesco?

 

As lideranças do Bradesco sofreram uma pequena mudança: Lázaro Brandão renunciou o cargo de presidente do conselho administrativo e em seu lugar assumiu o atual diretor presidente Luiz Carlos Trabuco Cappi. Até março, quando está prevista uma nova eleição, Trabuco ocupará os dois postos, contudo deixará a presidência executiva para dar lugar a um sucessor ainda não escolhido.

Segundo Luiz Carlos Trabuco Cappi a escolha do próximo presidente, o quinto na história do banco, será realizada de maneira “natural, sem açodamento” e promoverá a tradição de aproveitar os talentos da organização, disse ele. “O próximo presidente sairá do corpo executivo do banco.”

O executivo também afirmou que a escolha será feita até março de 2018, quando ocorre a assembleia de acionistas que irá aprovar o novo conselho de administração. “Um novo presidente tem de ter qualificações que sejam de liderança, luz própria, visão do futuro, mas sem desprezar o que a organização faz no dia a dia”, completou.

Os nomes mais cotados para a presidência executiva são Maurício Minas, da área de tecnologia, Alexandre Glüher, da área de Relações com Investidores e Josué Pancini, atualmente a frente da rede de agências. Todos vice-presidentes do banco.

O banco estuda a possibilidade de aumentar o conselho de administração, atualmente composto por oito membros, contudo ainda não há uma decisão formada. Para Luiz Carlos Trabuco Cappi, em todo o mundo há discussões a respeito da formação dos conselhos de administração.

A renúncia de Lázaro Brandão

Lázaro Brandão disse em entrevista na sede do banco que é preciso haver uma nomeação prudente no cargo, para que assim, haja a perpetuação de um trabalho de alta qualidade no banco. “É um fato histórico, temos muito zelo na condução do trabalho”, afirmou o executivo.

Para ele sua renúncia faz parte de um processo de renovação dentro da organização. Desde 1990 no posto de presidente do conselho administrativo, lázaro Brandão enfatizou que o banco deve acompanhar a evolução dos processos tecnológicos e assim oferecer um bom atendimento aos seus consumidores.

O executivo, atualmente com 91 anos, não deixará o banco o qual dedicou boa parte de sua vida. Agora Brandão assumirá o conselho das empresas comandadas pela instituição. É só mais um cargo nos muitos que ocupou no segundo maior banco privado do país. Ele chegou a instituição em 1942, quando o ainda chamava Casa Bancária Almeida & Cia e passou por diferentes níveis hierárquicos, chegando a presidência executiva no ano de 1981.

Já o atual presidente executivo, Luiz Carlos Trabuco Cappi está no cargo desde 2009. Entre as principais ações que desempenhou está a compra da filial brasileira do HSBC em 2015. Na ocasião, o banco estrangeiro foi adquirido por US$ 5,2 bilhões, sendo considerada a maior transação do ano e uma das maiores da década. A aquisição foi fundamental para o ganho de mercado na disputa pela liderança entre os bancos privados.

Assim como outros presidentes do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi passou u por vários níveis. Ele chegou em 1969, passando por áreas como a Comunicação, Seguros, Previdência, vice-presidência entre outras.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *