Motivado pela transparência, BNDES revelará lista negra com 50 maiores devedores

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) pretende divulgar os 50 maiores devedores do banco de fomento que encontram-se listados pelo banco. Nesta lista negra estão incluídos empresas ligadas a diversos setores da economia. As notícias sobre a divulgação da lista negra do BNDES foram veiculadas no dia 16 de janeiro de 2019. Ainda que a lista não tenha sido divulgada no dia 16 de janeiro deste ano, a notícia da divulgação gerou um certo impacto.

O motivo desta divulgação está ligado ao princípio da transparência anunciado pela nova gestão do banco. O novo presidente do banco de fomento, Joaquim Levy, deixou claro no dia de sua posse (7 de janeiro de 2019) que iria administrar o banco com ética, responsabilidade e transparência. As informações sobre a lista com os 50 maiores emprestadores de dinheiro do banco já estão disponíveis no site oficial do BNDES. Porém, o objetivo é comunicar a população e gerar um maior acesso da mídia com relação a esse assunto.

O atual presidente da República já deixava claro que iria abrir a “caixa preta do BNDES” assim que assumisse o poder. Isso é um passo muito importante para manter a transparência do banco e mostrar o que vem ocorrendo ao longo de seus anos, principalmente em relação a gestão dos governos anteriores. Com a divulgação dessas informações os brasileiros poderão saber como o seu dinheiro foi administrado pelo banco durante as gestões de governos anteriores.

O banco BNDES foi criado em 1952 para ser o maior instrumento financeiro de empréstimo a longo prazo do Brasil. O objetivo do banco é de fomentar a economia do país com investimentos ligados a diversos setores da indústria, comércio e todos os outros setores. O banco oferece diversos produtos financeiros, fundos e programas de acordo com as características de uma operação em específico.

Como o BNDES é classificado como uma empresa pública, é responsabilidade do banco fazer a avaliação e dar total apoio diante dos impactos de seus projetos com o Brasil. Ainda que esses projetos sejam ligados ao exterior, é a administração do banco que prevalece diante desta responsabilidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *