Coreia do sul enfrenta altos índices de poluição

Após índices assustadores de poluição a Coreia do Sul, decide ampliar suas leis para o combate à poluição do ar. As notícias sobre essa aprovação por parte do parlamento Sul-Coreano, foram dadas nessa quarta-feira, (13/03), destacando a medida como emergencial, sendo a situação atual do país, classificado como desastre social.

Esse alto nível de poluição presente na Coreia do Sul foi acarretado por vários fatores, um deles foi o uso desenfreado de carvão, como fonte de energia, durante anos. Além de uma imensa frota de veículos movidos a combustíveis fósseis. Esse senário causou um abalo na sociedade como um todo, atingindo até aprovação do atual presidente, frente ao eleitorado Sul-Coreano.

A se deparar com tal situação, o governo se viu disposto a fazer o uso de seu fundo emergencial para desastres, essa reserva somada totaliza algo entorno de 2,65 bilhões de dólares.

Como está, outras medidas também foram discutidas nessa quarta-feira, como, a diminuição do uso de veículos movidos a gás e derivados do petróleo, essa nova lei estabelece também a diminuição da comercialização desse tipo de veículo no país. Outra medida debatida, foram normas que obrigam a instalação de purificadores de ar em todas as salas de aulas coreanas.

Essas novas leis são um grupo de novas leis que o governo sul-coreano vem trabalhando para combater a poluição no país. Essas leis discutidas na quarta-feira, caso não sejam levantadas objeções, levaram 15 úteis para entrar em vigor. Incluindo nesse pacote de medidas, vem o fim da operação de cinco usinas termoelétrica movida a carvão, no país.

Toda essa medida é após a constatação de um estudo revelar que a qualidade do ar da Coreia do Sul, ser apontada como um dos países com maior taxa de poluição no ar entre membros da organização para a cooperação e desenvolvimento econômico (OCDE).

O nível de poluentes presentes no ar sul-coreano são quase mais que a metade em países da OCDE e bem superior ao recomendado pela (OMS).

No início de março, foram registrados por seis dias consecutivos uma alta taxa de poluição no ar, presente e quase todo o território sul-coreano, tendo seu dia recorde no dia 5, com uma forte taxa de poluição do ar na cidade de Seul, capital da coreia do sul, fazendo com que as autoridades recomendassem o uso de máscara.

A poluição sul-coreana, passou de um problema social para uma pauta política, que vem nos últimos meses vem abalando a popularidade do atual presidente, tendo uma perca considerável de aprovação perdendo 3% da aprovação de seu eleitorado, em apenas uma semana.

Junto a esse senário preocupante, está sua vizinha, China, que tem lutado contra o relógio para combater 30 anos de poluição desenfreada, causadas pelo crescimento econômico no país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *